Comidinhas da Juju

Archive for abril 2012

Tenho 1/4 de sangue alemão, e o alemão (pelo menos é o que conta minha avó) adora misturar o doce com o salgado na hora de comer. É dela também a farofa com frutas
Com essa veia alemã, “criei” o damasco com catupiry. Se alguém já comeu em algum lugar, ok, mas eu nunca tinha comido e ficou muito bom!

E como vocês devem imaginar, é facílimo de fazer, porquê na verdade, não tem que fazer nada!

Ingredientes:

Damasco seco
Catupiry

Preparo:

O damasco sem caroço já possui um corte na lateral, nem temos o trabalho de cortar! Basta colocar uma colherzinha de catupiry neste corte que fica pronto!!! rsrs

Difícil, não é? Fica diferente e com um misto de sabores!!!

Além dessa mistura de damasco com catupiry, outra muito boa é a tâmara seca com gorgonzola, essa mistura é dos deuses!!!
Comi todas e fiquei sem foto pra postar aqui, fica para uma próxima! hehe

Mais uma receita pra categoria “Petiscos”. Esse é super diferente, nunca comi fora de casa…
A receita é da minha avó, um dos antepastos preferidos do meu avô e não faltava nos almoços de domingo!

Ingredientes:

Pimentão vermelho assado em conserva sem pele
Azeite
Alho
Sal

O pimentão já é vendido assado e sem pele, em conserva. Existem algumas marcas no mercado.

Preparo:

Fatiamos o pimentão em finas fatias e deixamos escorrer. O pimentão é vendido conservado em um “xarope”, um caldo grosso, temos que depois de fatiar o pimentão, deixar escorrendo todo esse caldo.
Depois de escorrido, temperamos com bastante alho amassado, uns 5 dentes para cada vidro de pimentão, uma pitada de sal e bastante azeite.
Deixamos na geladeira de um dia pro outro.

Para servir, deve estar em temperatura ambiente, o azeite gelado condensa!!!

Nota:

Caso você não encontre o pimentão já  processado, podemos assar o pimentão vermelho fresco e retirar a pele, dá trabalho, mas fica muito bom também!!!
3 pimentões equivalem a um vidro de pimentão “industrializado”!

 

Hoje o prato é super rápido e os créditos vão para a mamãe!!
Tendo o lagostim limpo na geladeira, enquanto o macarrão cozinha, o molho fica pronto!!!

Prato leve, saboroso, rápido e fácil!!!

Ingredientes:

Spaghetti
Lagostim
Cebola
Tomate
Alho
Pimenta dedo de moça
Azeite
Sal

Preparo:

Coloque o macarrão pra cozinhar, enquanto isso, vamos fazer o molho.
Em uma panela, refogue cebola, alho, um pedaço de pimenta, tomate e sal no azeite, quando estiver refogadinho, jogue o lagostim (uns 6/8 por pessoa é suficiente) e cozinhe por poucos minutos.

Pronto!!!!! Misture o macarrão nesse refogado e mangia!!!!!

Essa receita é pra quem gosta de petiscos rápidos, diferentes, saborosos e marcantes!

Além de ser muuuito fácil!!!

Ingredientes:

Catupiry
Azeite
Alho desidratado em fatias
Sal

Para ter um aroma e sabor especial, vale acrescentar ervas finas, alecrim, pimenta ou seja lá o que agrada o seu paladar!

Preparo:

Coloque o catupiry em um prato.
Aqueça o azeite em uma frigideira junto com o alho desidratado, sal, temperos, etc. e quando o alho estiver ficando coradinho, desligue o fogo e despeje em cima do catupiry.
Tenha cuidado porque o alho queima muuito rápido, não pode desgrudar nem um segundo da frigideira!!!!

Fica uma delícia com torradas e pães, acompanhado de um bom vinho tinto!!!

 

O que você faz com os talos de brócolis, agrião, rúcula entre outros que não vão para a salada? Vão para o lixo?

Essa é uma receita esperta para aproveitar as partes das verduras que são saborosas, mas não são utilizados na maioria dos pratos.

Esse patê da foto fiz com o talo do brócolis que sobrou do Macarrão com brócolis!

Ingredientes:

Talos de verduras
Cebola
Alho
Azeite
Sal e pimenta à gosto
Salsinha
Cebolinha
Requeijão

Nessa receita usei requeijão, mas pode usar cream cheese, creme de ricota, creme de leite, maionese… 

Preparo:

Refogamos os talos cortadinhos com os temperos à gosto. A quantidade de cebola e alho vai depender da quantidade de talos.
Quando estiver refogado, batemos no liquidificador com requeijão,  a salsinha e cebolinha até ficar no ponto de patê.
Deixar na geladeira por cerca de 1h e servir!

Ficou uma delícia!!!

A receita de hoje é macarrão com brócolis.

Sem muitos segredos, uma comidinha gostosa, rápida e super fácil de fazer!

Ingredientes:

1 maço brócolis (tipo japonês)
1 cebola
3 dentes de alho
Azeite
Sal a gosto

Macarrão Spaghetti integral

Preparo:

Primeiro temos que cozinhar e refogar o brócolis.
Limpamos o maço de brócolis e cortamos os talinhos e cozinhamos até ficar macio. Vamos reservar o talo maior do maço do brócolis. Cozinhei o brócolis no microondas por uns 5 minutos com um pouco de água no fundo da travessa,  além de não ficar um cheiro forte na cozinha, é bem mais rápido e mais saudável.
Picar o brócolis cozido em pequenos pedaços e refogar com cebola, alho, azeite e sal.


Enquanto isso cozinhamos o macarrão.

Com o macarrão cozido e o brócolis refogado, é só misturar os dois e “mangia che te fa bene“!!

Com o talo do brócolis reservado, vamos fazer um Patê de talos, uma delícia para comer com torradinhas integrais, leve e saudável!!! Além de não desperdiçar uma parte do brócolis!


Esse final de semana foi repleto de amigos, e um grande amigo, o Alê, preparou um risoto de camarão que é de passar por baixo da mesa!

O Alê é um grande mestre nos risotos, as receitas dele são ótimas e provavelmente vamos ter muitas outras nesse blog!

Essa receita é um pouco mais elaborada, com dicas ótimas para qualquer outro preparo!

Ingredientes:

Arroz para risoto
Camarões rosa médios (uns 6 ou 7 por pessoa)
1 cebola picada
4 dentes de alho picados
4 colheres de manteiga
2 limões sicilianos
Molho de tomate em pedaços. (usamos aquele molho de tomate italiano com os tomates inteiros e sem pele)
Parmesão ralado
Sal a gosto

Preparo:

Preparando o arroz:
Em uma panela grande, refogue a cebola e o alho na manteiga, quando estiver refogado, coloque o arroz para risoto e refogue, quando já estiver transparente vá colocando água fervendo até ficar no ponto de risoto.
Essa base de risoto é ótima para qualquer outra receita de risoto, sem muitos temperos, ou vinho, ou caldo de carne, etc, o sabor fica mais limpo.
A receita do Risoto de palmito com alho poró, pode ajudar nessa etapa.

Enquanto o arroz vai cozinhando, preparamos o molho de tomate e os camarões.

Preparando o molho de tomate:
Retire a semente dos tomates e pique em pedaços médios, a quantidade vai depender do gosto de cada um.
Reserve junto com o molho coado.

Preparando os camarões:
Os camarões devem estar sem casca e limpos. Tempere com o limão siciliano.
O camarão é muito delicado, ele não pode ser cozido por muito tempo para não ficar borrachudo, então o segredo é dar um susto no camarão com água quente.
Com o camarão limpo e temperado com o limão siciliano (deixamos os limões cortados junto com o camarão), jogue água fervendo e espere uns minutinhos, escorra a água e repita o processo. Pronto! Estão cozidos!

No arroz já cozido, coloque os tomates cortados, misture e acrescente o molho de tomate peneirado até ficar vermelhinho, a quantidade é a gosto.
Acrescente os camarões “assustados” e termine de cozinhar tudo em fogo alto, acrescente o parmesão ralado, ajuste o sal e está pronto!!!

Agora é só servir e se deliciar!!!
Para sobremesa nessa noite tivemos o Pavê de chocolate e o Bolo de sorvete com suspiros!